quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Passagem pela Alemanha: Warnemunde e Rostock





O cruzeiro pelo Mar Báltico, que realizei a partir de 19/08/2012. incluiu quase todos os países banhados pelo mar anteriormente chamado de Mar da Alemanha.
Teve início em Copenhagen e sua primeira parada foi em Oslo, seguindo depois para Aarhus.
Saindo de Aarhus, na Dinamarca, nosso navio dirigiu-se para a Alemanha, ancorando no porto de Warnemunde.
Entre as excursões programadas pelo navio, havia uma para Berlim. Embora estivesse com vontade de fazê-la, desisti pelo tempo exíguo que lá ficaríamos. De Warnemunde até Berlim iríamos de trem, numa viagem de quase três horas. Contando-se as três horas da volta, acho que teríamos somente umas cinco horas na cidade.
Resolvemos, então, optar por um passeio por Rostock e Warnemunde, e foi bem agradável.
Fomos de ônibus de excursão até Rostock, e voltamos para Warnemunde de barco, pelo Mar Báltico.
Andamos bem pela "cidade velha", com arquitetura muito bonita. Muitos prédios góticos, e muito tijolinho vermelho.



                         Abaixo, prédio da Biblioteca, um dos mais antigos da cidade.





                                      A guia falando sobre a Universidade de Rostock, que é de 1419, a mais antiga da região do Báltico.



                                          Monumento na frente da Universidade


                                        Parte do que restou da muralha que cercava a cidade.



   Praça linda,  onde acontece o "mercado".




                                                    Alemãezinhos lindinhos.


                                     Visitamos a enorme Igreja de Santa Maria (St. Marien Kirchen).
                                   
                                               Porta de entrada.


                                  Da Praça vê-se a parte de trás da Igreja.


A Igreja de Santa Maria é um dos pontos altos de Rostock. Vitrais lindos e enormes. Altares e púlpito em madeira, com trabalhos maravilhosos. Abaixo, órgão barroco.


E a grande atração da Igreja, o Relógio Astronômico, de 1472, que marca os segundos, minutos, horas, dias, semanas, signos ...


Durante a 2ª guerra mundial, Rostock sofreu grande destruição. Mas a Igreja e o relógio sobreviveram aos bombardeios, como mostra esse quadro que se encontra em uma das suas paredes, bem na frente do Relógio Astronômico.



Terminado o passeio em Rostock, depois de uma parada em uma cervejaria, voltamos para Warnemunde de barco, quando pudemos observar as mansões do bairro rico de Rostock, na beira do canal.





Warnemunde, distrito de Rostock, é um lugar de muito turismo e, com certeza, o lugar de fim de semana na praia, para moradores das vizinhanças. 

                                                  Acima, Estação Ferroviária.


                    A tradição dos cadeados dos enamorados, também chegou a Warnemunde.


      Havia muita gente pelas ruas. Nem sei como consegui essa foto mais tranquila.

Abaixo, avenida na beira do canal, com muitas lojas, muitos restaurantes, muito movimento.


Por essa passagem subterrânea chegávamos ao cais, onde nosso navio estava ancorado.

Saímos de Warnemunde às 21 horas, na direção de Tallin, capital da Estônia.





3 comentários:

✿ chica disse...

Sensacional ver tudo isso daqui, imagino de pertinho.

Lindas construções, passeios inesquecíveis.

Por isso é bom registrar tudinho! Adorei vere te ler! beijos,chica

Marly disse...

Helô,

Muito atraentes e interessantes as duas cidades mostradas. Tenho certeza de que gostaria de ambas, especialmente de Warnemunde, que me pareceu ter também um astral muito bom, com muita gente na rua, rsrs.

Beijo e, desde já, bom fim de semana!

Beth/Lilás disse...

Beleza de viagem, amiga!
Não há coisa melhor pra se fazer nesta vida.
Bjs cariocas