Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

Auckland

Imagem
Em nossa viagem pela Nova Zelândia, encerrando nosso roteiro pela Ilha Sul, saimos de Queenstown e voltamos para Wellington, sul da Ilha Norte, em 25/04/2010. Passamos mais alguns dias na "capital azul" e seguimos para Auckland, última etapa da nossa viagem. Wellington, a linda "capital azul"  é a capital política da Nova Zelândia, e a rainha dos ventos.  Auckland é a capital financeira, e a cidade mais populosa da Nova Zelândia. Conta com 1/3 da população total das duas ilhas. Isso faz com que, em suas ruas, haja um movimento de veículos e de pessoas, que quase não se vê nas outras cidades.
















                                 Protesto popular numa das principais ruas do centro.











Na foto abaixo, no centro, uma liderança maori, com roupas típicas, durante o protesto.



                                       Passeio num bairro comercial mais tranquilo.







Nossa estadia em Auckland foi meio rápida, mas ainda assim tivemos a oportunidade de ver sua beleza e pujança.



Nova Zelândia : Milford Sound - Fiordes

Imagem
Foto daqui. *



Em Queenstown pegamos uma excursão de ônibus para Milford Sound, onde tomamos um barco para um passeio pelos fiordes. A estrada rodeia os montes alpinos e tem vistas maravilhosas. No meio do caminho paramos em Te Anau, pequena cidade com menos de 2000 habitantes, mas muito organizada, com um parque e um lago muito lindos. 







No parque de Te Anau, vimos algumas aves típicas da Nova Zelândia.

De Te Anau a Milford Sound, muitas quedas d'água. 
A foto acima foi tirada de dentro do ônibus.


Tivemos a sorte de encontrarmos com o Kea (fala-se Kia), ave rara e típica da Nova Zelândia.


Chegando no Parque Nacional de Milford, a paisagem montanhosa ficou ainda mais bonita. Montanhas altíssimas e muitas quedas d'água. A partir de Te Anau tivemos muita chuva e, no passeio pelos fiordes, muita neblina, que empanou demais a beleza do lugar. Todas as fotos que eu havia visto dos fiordes eram maravilhosas, mas não conseguimos vê-los dessa forma.